A FATEC MOGI MIRIM



HISTÓRICO

 

Pelo Decreto no. 51.878, de 06/06/2007, criou-se a Faculdade de Tecnologia de Mogi Mirim, como uma unidade de ensino Tecnológico do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, administração do governo José Serra.

 

A partir do Convênio de Cooperação Técnico-Educacional celebrado entre o município de Mogi Mirim e o Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, nas pessoas do prefeito Senhor Carlos Nelson Bueno e da Diretora Superintendente, professora Laura M. J. Laganá, em 28/06/2007, foi firmado o contrato entre as partes, governo estadual e municipal, objetivando o desenvolvimento e a expansão da educação profissional gratuita, por meio de cursos de nível superior tecnológico, fomentando a pesquisa e a prestação de serviços à comunidade de Mogi Mirim e seu entorno.

 

Os primeiros cursos em nível de ensino superior oferecidos pela FATEC Mogi Mirim foram os de Graduação de Tecnologia em Projetos Mecânicos, e Mecânica de Precisão. O primeiro dia de aula ocorreu em 10 de setembro de 2007. Os cursos ficaram distribuídos nos períodos da manhã e noite, Projetos Mecânicos, e no período da tarde, Mecânica de Precisão. No primeiro semestre de 2010, iniciou-se mais um curso de Graduação, o de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, nos períodos da manhã e noite.

 

Os cursos ministrados por uma FATEC são concebidos, desenvolvidos e ministrados visando a atender segmentos atuais e emergentes do mercado de trabalho. Dada à vocação econômica de uma região, os cursos são propostos, alinhando-se à missão da instituição: "formar a competência profissional adequada às necessidades dos diferentes mercados de trabalho com o propósito de contribuir para a melhoria do padrão de vida do trabalhador e para a elevação da qualidade e produtividade de processos, produtos e serviços".

 

CENTRO PAULA SOUZA

 

O Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (CEETEPS) é uma instituição vinculada à Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo, destinada a articular, realizar e desenvolver a educação profissional nos níveis Médio/Técnico e Superior/Tecnológico. Ao preparar recursos humanos especializados para o trabalho, o Centro Paula Souza não só se preocupa com a consciência do papel humano e social dos profissionais que forma, como também busca inovar e dinamizar o processo educacional, aperfeiçoando seus docentes, laboratórios e cursos.

 

O Centro Paula Souza está sediado em um prédio centenário projetado pelo arquiteto Ramos de Azevedo, na cidade de São Paulo.

 

Suas atividades tiveram início em 06 de outubro de 1969. As primeiras reuniões do Conselho Estadual de Educação para implementar a criação da instituição aconteceram em 1963, quando surgiu a necessidade de formação profissional para acompanhar a expansão industrial paulista daquele período. A idéia de criar um Centro Estadual voltado para a Educação Tecnológica ganhou consistência quando Roberto Costa de Abreu Sodré assumiu o governo do estado de São Paulo, em 1967. Em outubro de 1969, o então governador Abreu Sodré assinou o Decreto-Lei que criou a referida entidade autárquica.

 

Desde a sua criação, o Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza evoluiu muito. Em seu início, funcionavam apenas dois cursos de graduação tecnológica: Construção Civil e Mecânica. Autarquia do Governo do Estado de São Paulo vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, o Centro Paula Souza administra 204 Escolas Técnicas (Etecs) e 55 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais em 158 municípios paulistas. As Fatecs Itaquera, na Capital, e Diadema iniciam suas atividades no segundo semestre. As Etecs atendem cerca de 226 mil estudantes nos Ensinos Técnico e Médio. Atualmente, são oferecidos 120 cursos técnicos para os setores Industrial, Agropecuário e de Serviços. Este número inclui 3 cursos técnicos oferecidos na modalidade semipresencial, 20 cursos técnicos integrados ao Ensino Médio e 2 cursos técnicos integrados ao Ensino Médio na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Já nas Fatecs, mais de 59 mil alunos estão matriculados nos 61cursos de graduação tecnológica.

 

O Centro Paula Souza recebeu essa denominação em 10 de outubro de 1971.

 

 

QUEM FOI PAULA SOUZA?

 

O professor Antonio Francisco de Paula Souza foi o fundador da Escola Politécnica de São Paulo, hoje integrada à Universidade de São Paulo (USP), e foi seu diretor por quase 25 anos. Engenheiro, político e professor, Paula Souza nasceu em Itu, em 1843. Oriundo de uma família da elite cafeeira paulista e de estadistas, assumiu papel importante no desenrolar de acontecimentos políticos engendrados no século XIX. Foi um liberal, lutou pela república (visto ser forte oposicionista da centralização do poder político-administrativo da monarquia) e pela abolição da escravatura.

 

Formado em engenharia em Carlsruhe, na Alemanha, e em Zurique, na Suíça, foi em toda a sua vida pública um empreendedor, influenciado por uma visão européia de progresso. Seu desejo era introduzir no Brasil um ensino técnico voltado para a formação de profissionais que produzissem uma tecnologia própria brasileira para que o país não dependesse das importações e das produções estrangeiras. Devido à escassez de recursos humanos, criou um conceito novo de ensino, convidando especialistas europeus e americanos para lecionar na Poli, à frente da qual esteve como primeiro diretor, de 24 de novembro de 1894 a 13 de abril de 1917, quando faleceu, em São Paulo.

Copyright © 2012 Faculdade de Tecnologia de Mogi Mirim - Arthur de Azevedo - Telefones: (19) 3804-5387 / (19) 3804-5441
Desenvolvido por Joomla 1.7 Templates