O Tecnólogo

No ambiente das empresas têm ocorrido profundas alterações em sua forma de atuação, exigindo harmônica conjugação dos parâmetros: inovação tecnológica, estrutura e pessoas com a própria matriz organizacional. A competitividade de uma empresa resulta da habilidade de seus dirigentes em administrar, de forma integrada esses parâmetros em direção às crescentes e rigorosas exigências do mercado.

A produtividade e a qualidade estão afetadas diretamente pela habilidade no desenvolvimento e capacitação do fator humano; na implementação de sistemas integrados de informação e no desenvolvimento de tecnologia, o que forçará as empresas a se redirecionarem.

Nesse contexto contemporâneo de atuação consolida-se o papel do Tecnólogo, como um importante profissional capaz de desenvolver a competitividade, pela melhoria da produtividade e da qualidade.

A atuação do Tecnólogo pode se estender desde a criação, absorção, domínio, gestão e difusão dos conhecimentos, atingindo o pleno atendimento das necessidades estabelecidas. Mais ainda, o profissional capaz de oferecer soluções criativas e de participar de equipes habilitadas na concepção e desenvolvimento de soluções.

Para que sua formação seja plenamente atingida, é necessário desenvolver no Tecnólogo atributos que o caracterizem posteriormente em seu desempenho profissional, tais como:

·      Para que sua formação seja plenamente atingida, é necessário desenvolver no Tecnólogo atributos que o caracterizem posteriormente em seu desempenho profissional, tais como:


  • Capacidade de reconhecer problemas e solucioná-los;
  • Adequada base científica balanceada com habilidades específicas;
  • Conhecimento adequado das ciências físicas e matemáticas;
  • Capacidade de comunicar suas idéias e de defender seus projetos;
  • Mentalidade aberta e atitude positiva diante da vida;
  • Autodidatismo;
  • Ampla cultura e busca por novos conhecimentos;
  • Domínio de linguagens computacionais (Mecânica de Precisão);
  • Capacidade de coordenação de atuação solidária e de bem relacionar-se com outros;
  • Liderança e empreendedorismo;
  • Responsabilidade e comprometimento profissional com resultados.


Enfim, o Tecnólogo é um profissional emergente, de atuação bem situada frente ao rigor da demanda atual, capaz de atuar em “status” próprio bem construído junto ao mercado brasileiro.


 

Arquivos com a Luciana:

Anexos I e II da Resolução 1.010 de 22 de agosto de 2005 - CONFEA/CREA

Educação Superior: Organização Geral

 

Copyright © 2012 Faculdade de Tecnologia de Mogi Mirim - Arthur de Azevedo - Telefones: (19) 3804-5387 / (19) 3804-5441
Desenvolvido por Joomla 1.7 Templates